Bem vindo    Telefone +571 3208320     Siga-nos

Image Alt

Programação

 

 

TERÇA-FEIRA 26-NOV QUARTA-FEIRA 27-NOV QUINTA-FEIRA 28-NOV SEXTA-FEIRA 29-NOV

Manhã

 

Inscrições e café

 

Café

 

Café

 

 

Manhã

Cátedra UNESCO

de Comunicação

Auditório: Jaime Hoyos

Conferência inaugural

 

“Transições e compressões da violência do feminicídio: entre o pessoal e o político”

 

 

Para ser confirmado / em construção

 

 

Moderador: Para ser confirmado / em construção

 

Auditório: Centro Javeriano de Formación Deportiva

Painel 1

 

“Violência e Transições Emergentes”

 

 

Para ser confirmado / em construção

 

Moderador: Para ser confirmado / em construção

 

Auditório: Centro Javeriano de Formación Deportiva

 

Painel 2

 

“A verdade da violência e das transições”

 

Para ser confirmado / em construção

 

Moderador: Para ser confirmado / em construção

 

Auditório: Centro Javeriano de Formación Deportiva

 

Sessão de Encerramento e Relatoria

 

Para ser confirmado / em construção

 

Auditório: Centro Javeriano de Formación Deportiva

Almoço

 

Recesso

 

Almoço inaugural

e

Feira de Publicações

 

Café

e

Feira de Publicações

 

Café

e

Feira de Publicações

Tarde

 

Cátedra UNESCO

de Comunicação

 

 

Auditório: Jaime Hoyos

 

 Divisões Temáticas IBERCOM (DTIs)

 

Auditórios: aulas ed. Fernando Barón

 

 

 

 

Divisões Temáticas IBERCOM (DTIs)

 

Auditórios: aulas ed. Fernando Barón

 

 

 

 

Divisões Temáticas IBERCOM (DTIs)

 

Auditórios: aulas ed. Fernando Barón

Tarde

 

Reunião

Coordenadores DTIs

 

 

Auditório: sem confirmar

 

Reunião

CIESPAL

“Homenagem a Jesús Martín-Barbero”

 

Auditório: sem confirmar

 

Assembleia Geral ASSIBERCOM

 

 

 

Auditório: sem confirmar

 

 

 

Informações Adicionais

26/Novembro (Manhã / Tarde)…………………….Reunião CONFIBERCOM | Auditório: Jaime Hoyos

26/Novembro (Tarde)………………………………….Reunião FOLK-COMUNICAÇÃO | Auditório: a confirmar

DTIS

 

DTI

Descrição

Coordenadores

1

Epistemologia, Teoria e Metodologia

Explorar os desafios epistemológicos, teóricos e metodológicos que estão sendo formulados pelos novos territórios do conhecimento e os novos fenômenos da comunicação em um mundo em permanente transformação.

a-Giovandro Ferreíra. Universidade Federal da Bahia, Brasil.

b-José Piñuel. Universidad Complutense de Madrid, España.

c-Paulo Serra. Universidade da Beira Interior, Portugal.

d-Raúl Fuentes. Universidad Jesuita de Guadalajara, México.

 

 

2

Comunicação, Política e Economia Política

Trabalha o papel das tecnologias e novas experiências na democratização do espaço midiático, seus usos sociais e o direito à apropriação do espaço para diferentes práticas de comunicação e expressão, em conjunto com a configuração de novas esferas de participação.

a-Francisco Sierra. Universidad de Sevilla, Espanha.

b-María H. Weber. Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Brasil.

c-Nelson Ribeiro. Universidade Católica Portuguesa, Portugal.

d-Daniel Valencia. Pontificia Universidad Javeriana, Colômbia.

 

 

3

Comunicação e Cidadania

Aborda processos de democratização comunicativa, resistência cultural a hegemonias comunicativas, estereótipos de grupos sociais, ação comunicativa em movimentos sociais e apropriação de comunicação em alteridade e diversidade.

a-Carlos Arroyo. Universidad Católica Boliviana San Pablo, Bolívia.

b-Cicilia Krohling. Universidade Metodista de São Paulo, Brasil.

c-Raquel Paiva. Universidade Federal do Rio de Janeiro, Brasil.

d-Juan Carlos Ceballos. Universidad Pontificia Bolivariana, Colômbia.

 

4

Educomunicação

Trata os projetos educomunicativos como ferramentas de transformação social e dinamização da comunidade, processos de aquisição de competências comunicativas desde uma perspectiva crítica, metodologias de intervenção e aprendizagem significativa e novas tecnologias e inteligências múltiplas.

 

a-Adilson Citelli. Universidade de São Paulo, Brasil.

b-Lucía Castellón. Universidade Mayor, Chile.

c-Cristina Ponte. Universidade Nova de Lisboa, Portugal.

d-Roberto Aparici. Universidade Autónoma de Barcelona, Espanha.

5

Comunicação e Identidades Culturais

Analisa as relações entre a mídia, a cultura em que atuam e as formações identitárias em sua multidimensionalidade. Abordagens metodológicas e teóricas inovadoras dessa tríade são privilegiadas, assim como as representações e identidades na cultura midiática e na cibercultura.

a-Gisela Grangeiro. Escola Superior de Propaganda e Marketing, Brasil.

b-Joao Freire. Universidade Federal do Rio de Janeiro, Brasil.

c-Catarina Duff. Universidade Católica Portuguesa, Portugal.

d-Jorge Iván Jaramillo. Universidad Central, Colômbia.

 

 

6

Comunicação e Cultura Digital

Centra-se na Comunicação Medida por Computadores (CMC) e seus efeitos sobre a indústria da comunicação e sobre a diversidade da cultura contemporânea. Revisa a maneira pela qual a comunicação é desafiada pela mídia digital. Preocupação por contribuir para a construção de uma cultura de pesquisa na área de mídia digital no espaço ibero-americano.

a-Eugenio Trivinho. Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, Brasil.

b-Francisco Campos. Universidad de Santiago de Compostela, Espanha.

c-Carla Ganito. Universidade Católica Portuguesa, Portugal.

d-Miguel Badillo. Universidad Nacional Abierta y a Distancia, Colômbia.

 

 

7

Discursos e Estética da Comunicação

Analisa a intersecção entre teorias da linguagem e teorias estéticas, contribuindo para a reflexão e crítica das manifestações discursivas e expressivas da cultura contemporânea, tanto em trabalhos teóricos como analíticos. Inclui estudos teóricos, leitura e análise crítica de linguagens e estética, mensagens, produtos, processos, mediações e interações socioculturais.

 

a-Ana de Oliveira. Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, Brasil.

b-Anabela Gradim. Universidade da Beira Interior, Portugal.

c-Luis de Sá Martino. Cásper Líbero, Brasil.

d-Polina Golovatina. Universidad Pontificia Bolivariana, Colômbia.

 

 

8

Recepção e Consumo de Comunicação

Trabalha sobre as diferentes abordagens de recepção e consumo em trabalhos teórico-críticos, discussões metodológicas e estudos empíricos. Incentiva trabalhos que cruzam disciplinas e fronteiras tradicionais entre “mídias antigas” e “novas mídias”, entre comunicação em massa, em grupo, interpessoal e virtual; entre conteúdo / produção e público / recepção.

 

a-Isabel Ferín. Universidade de Coimbra, Portugal.

b-Eneus Trindade. Universidade de São Paulo, Brasil.

c-Lucía Benítez. Universidad de Cádiz, Espanha.

d-Adriana Rodríguez. Pontificia Universidad Javeriana de Cali, Colômbia.

 

 

 

9

Estudos de Comunicação Organizacional

Inclui os fenômenos comunicacionais que se manifestam no ambiente organizacional e na constituição comunicativa das organizações. Inclui relações públicas, comunicação estratégica e cultura organizacional e intercultural.

a-Nuno Brandão. Universidade Católica Portuguesa, Portugal.

b-José Túñez. Universidad de Santiago de Compostela, Espanha.

c-Cleusa Andrade. Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Brasil.

d-Verónica Suescún. Universidad Pontificia Bolivariana, Colômbia.

 

10

Comunicação Audiovisual

Refletir sobre mídia audiovisual, incluindo aspectos históricos, teóricos e metodológicos. A linguagem, as técnicas, a história, as questões éticas. Inclui discussões sobre a mídia e os campos tradicionalmente classificados como audiovisuais: cinema, rádio, televisão e fotografia, aprofundando suas transformações com tecnologias digitais e móveis.

 

a-Sandra Fischer. Universidade Tuiuti, Brasil.

b-Eduardo Vicente. Universidade de São Paulo, Brasil.

c-Eduardo Cintra. Universidade Católica Portuguesa, Portugal

d-María Urbanczyk. Pontificia Universidad Javeriana, Colômbia.

 

 

11

Estudos de jornalismo

Abrange os aspectos culturais, políticos, econômicos, sociais e profissionais do jornalismo.

Seu principal objetivo é promover pesquisas sobre fatores ocupacionais, regulatórios, éticos, tecnológicos, políticos, comerciais, culturais e educacionais. en el periodismo.

 

a-Mozahir Salomão. Pontificia Universidade Católica de Minas Gerais, Brasil.

b-Mayra Rodrigues. Universidade de São Paulo, Brasil

c-Xosé López. Universidad de Santiago de Compostela, Espanha.

d-Beatriz Marín. Universidad Pontificia Bolivariana, Colômbia.

 

12

História da Comunicação e Mídia

Trata-se do estudo histórico dos transmissores, suportes, receptores e mensagens de comunicação em qualquer de suas dimensões. As transformações históricas dos grandes modelos comunicacionais e a dinâmica de interação entre a mídia, as fontes e o público.

a-Marialva Barbosa. Universidade Federal do Rio de Janeiro, Brasil.

b-Eduardo Gutiérrez. Pontificia Universidad Javeriana, Colômbia.

c-Luís H. Marcos. Instituto Universitário da Maia, Portugal

d-Julio Benavides. Universidad Autónoma de Bucaramanga. Colômbia.

 

13

Folkcomunicação

Estuda os processos comunicacionais pelos quais as manifestações da cultura popular se expandem, socializam, coexistem e sofrem modificações devido à influência da comunicação de massa e industrializada.

a-Alberto Pena R. Universidad de Vigo, Espanha.

b-Cristián Yáñez. Universidad Austral de Chile, Chile.

c-Maria de Oliveira. Universidade Federal do Ceará, Brasil.

d-Juan Ramos. Pontificia Universidad Javeriana, Colômbia.